terça-feira, 30 de novembro de 2010

Dia do Marinheiro vs. Guerrilha Urbana no Rio

Vejam só que propaganda criativa:
Olá meus amigos e amigas!

Vocês já devem ter se perguntado: afinal, para que mesmo servem as Forças Armadas em um país como o Brasil? Nem, ao menos, participamos de guerras! Investir nos militares para que? Temos tantos outros problemas...

Bom, a propaganda televisiva acima desses questionamentos foi feita em comemoração ao próximo dia do Marinheiro - 13 de dezembro de 2010 - e visa a promover e divulgar as ações da Marinha do Brasil que, quase sempre, ocorrem sem a percepção da população urbana, salvo nos casos de extrema necessidade quando o próprio Estado de Direito solicita o apoio, ou até mesmo, a intervenção das Forças Armadas (FA) em grandes eventos de vulto internacional, a exemplo da Eco 92, ou ainda, no socorro médico a centenas de famílias ribeirinhas atendidas nos navios hospitais da Amazônia, etc.

No entanto, neste ano todos se lembrarão que na quinta-feira, dia 27 de novembro de 2010, a nossa Gloriosa Marinha do Brasil - e me refiro ao pessoal - , mais uma vez atendeu com prontidão e esmero - em apenas doze horas! - apoiando as ações da PMRJ durante a invasão da comunidade da Vila Cruzeiro. Com a ação que foi organizada entre os policiais e os Fuzileiros Navais do Batalhão de Logística - que utilizou tanques e carros de combate na operação - foi possível evitar que dezenas de policiais e inocentes perecessem no confronto direto com as centenas de traficantes ora residentes na comunidade.


Diante do Braço Armado Anfíbio do Estado eles simplesmente fugiram.

É bom que fique claro para que servem os militares e os investimentos em suas armas. São dedicadas horas, dias e meses de treinamento e até de privação do convívio familiar, simplesmente para estarem prontos! Ávidos pelo chamado do Estado e irrequietos a garantir, se preciso com a força, a paz!


Que a população do Rio de Janeiro - e do Brasil - reconheça o valor dos militares das FA e a sua pertença, bem como o seu necessário ofício, haja vista já ter se provado eficiente e eficaz dentro e fora do nosso pais!


Muito obrigado Fuzileiros Navais do Batalhão de Logística!


Foram, mais uma vez, providenciais para que o Estado, finalmente, se fizesse presente em locais que eram dominados pelo tráfico de drogas. 

Adsumus!!!


Marlon M4