terça-feira, 20 de março de 2012

Eu já fui adolescente...

Na verdade, o ano era 1998 e se aproximava o meu aniversário de 18 anos:




O fim de um novo dia?

O dia acabou
O que era novo
Agora é velho
O que era claro
Agora é escuro
É o fim de um novo dia
Acabou a alegria
Alegria?
Que ironia!
Ela não existe
Nessa vida vazia,
Ela vem sempre acompanhada
De um momento triste
Com clareza
Entendo que a tristeza
Já faz parte da minha natureza
Será que tenho certeza?
Nasci chorando
Por não saber onde estava chegando

Cresci
Não entendi
E continuo sonhando
Com um dia novo
Sem pessoas brigando
Sem jovens se matando
Mas, acordei
E continuo chorando
É tudo consequência
A violência
Ela começa em casa
Como uma sina
Parece praga
Ela nunca termina
Não enxergo a luz
Que nos ilumina
Pois, queria olhar pra traz
E entender
Porque me falta paz

De que importa
Eu não consigo resolver
Não sou capaz
Pois, tudo começou
Com os pais dos pais
Dos meus pais
Então, que diferença faz?
Eles fizeram tudo errado!
O pior que ainda sou culpado
Mesmo sendo como fui
Manipulado
Assim lançado
Em um destino
Que já veio traçado
E aquele dia novo
Não foi desenhado
E sim escarrado
Depois pisado
E tem fim nada complicado

                         Marlon M4
...